terça-feira, 7 de janeiro de 2014

paulo o pelegrino nordestino parte 3 o meu segundo dia em salvador brasil !

- o almoço em salvador naquele segundo dia em salvador saímos para andar pois 6:30 era fornecido o café no albergue é todos teriam que acorda e 6:30 deveríamos estar todos na mesa sentados e arrumados para sair simplesmente ,conhecer há cidade ,como o albergue ficava próximo da barra uma das mais belas praias de salvador que também é próximo do farol ,fui conhecer salvador e saber o que há vida tinha reservado para mim naquele lugar então como eu sou natural de alagoas eu não me impressionei tanto pois MACEIO capital de alagoas tem umas das melhores praias do brasil ou se podemos de ser do mundo pois as praias são um verdadeiro arque, pélago natural as praias de ponta verde é PAJUNSARA são umas das mais belas ,voltando para salvador ,para meu segundo dia praias e conhecer ,lugares e descobrir primeiro como funciona o sistema naquele lugar ou seja era prioridade saber quem era quem por onde passávamos ,isso de modo geral pois de acordo que nós andávamos em salvador descobríamos os seus dois lados tanto há sua beleza ,quanto sua obscuridade ,pois ,o que mais se falava entre os peregrinos era da noite ou seja há vamos ficar fora do albergue pois quero te apresentar ,há cidade ,vamos lagoa ,não volta não com comida não precisa se preocupar pois ,12:30 tem uma tia dona de um restaurante que da de graça ,ou seja as pessoas ,sem saber estavam colaborando para que não só eu mais todos aqueles adolescentes ,há maioria do nordeste ,continuassem na rua como assim Paulo pois quanto mais lugar se tem para comermos ou bebermos mais da família você se afastava pois o que você precisava você tinha comida ,roupas um trocado ,amigos e inimigos ,tinha todo tipo de pessoas ,traficantes ladroes e muito mais que mais adiante você vai ver então ficamos na praça de lago de Roma na baixa do sapateiro bastante conhecido em salvador próximo há entrada do Pelourinho ,um dos pontos turísticos mais visitados em salvador ,,pronto ate ai tudo bem horário de almoço como em qual quer segmento ,não seria deferente na rua pois não muda nada ,então conheci o meu amigo CUIABA que era do norte mato-grossense ,e perguntei para ele vamos almoçar a onde hoje ele me respondeu aqui você escolhe onde quer comer ,se você tiver paciência de esperar ,então eu falei estou querendo comer um acarajé ele me falou esse horário edifício pois é hora de almoço ele me falou vamos comigo pedir eu pego comida no restaurante da tia Dulce então fui com ele e fiquei esperando ele demorou alguns minutos e ele sai então eu as primeiras vezes ,você se sente mal ou seja você se faz um cachorro para todos verem que você não tem valor nem mérito diante da sociedade atual ,comemos ,veio bastante comida ,ate lasanha ,veio no almoço ,peixe ,era dos melhores que nessa época não se valorizava tanto o peixe há carne era quem mandava ,comemos bem e depois saímos da praça e fomos andar na praia ,eu novo com uns 13,ha 14 anos eu via as pessoas nos olhar com olhares deferentes ou seja há sociedade ,nos via como bandidos ,e isso nos incomodava muito pois mais mesmo assim há tarde foi se indo e eu Aldo e CUIABA estávamos ali e CUIABA falou vocês vão dormi há onde eu fui o primeiro há falar vou para o albergue daqui há pouco ele respondeu não ,vamos cuidar de carros logo mais anoite nos restaurantes ,e depois noz vamos lá na ponte ou na Irma Dulce que é um hospital bastante antigo e Irma Dulce foi sua fundadora então coloca ló lhe o nome de hospital Irma Dulce ,mais ate ai tudo bem eu com muito medo disse eu não vou dormi na rua não vou para o albergue ,se você quiser Aldo pode dormi na rua eu vou para o albergue então quando deu as 17:30 eu ouvi da boca de Aldo há seguinte resposta quer ir para o albergue vai logo pois sé se pode entrar lá ate as 18:30depois disse horário não entra mais amigo e meu medo de nunca mais ver meu amigo falei não Aldo vamos para o albergue vamos tentar cuidar dos carros de dia porque não de dia e sim há noite eu vou para o albergue ele falou beleza amanha há gente se ver aqui de manha eu falei beleza e CUIABA me falou vamos lagoa você vai gostar é bom anoite ! tem também uns tios que entregam comidas e sucos coberto roupas e eu falei vou não vou para o albergue e fui e disse ate amanha :e naquela noite não dorme mesmo sabendo que eu teria que sair cedo eu não consegui dormi então o dia foi amanhecendo e eu não via há hora de ver Aldo para saber como foi sua experiência há noite naquela cidade e al amanhecer eu acordei é tomei meu café me arrumei! é) quer saber oque aconteceu com Aldo amigo de Paulo o Pelegrino nordestino ,não perca há descoberta de Aldo e seu relatório há Paulo Pelegrino nordestino !