domingo, 5 de janeiro de 2014

ha historia de paulo o pelegrino nordestino! vamos juntos em rumo de descobrirmos coisas novas pois o passado ja nao esiste e tudo dia ha poz dia se faz novo !

_ um certo rapaz nordestino ,tem sua vida voltada há conhecer ,novas coisas ,descobrir lugares e resolve abandonar tudo aos 12 anos de idade saia de perto _dos seus parentes ,e foi morar na capital de seu estado ,ao conhecerá se encantou e onde chegava fazia se novas amizades entre ele e os moradores por _onde passava mais com o tempo resolveu ser guardador de carros e seus clientes logo nele foram pegando confiança ,pois uma coisa esse garoto do interior _do nordeste ,foi sentindo que ele precisava de mais ,e foi assim que ele se colocava dia após dia ate chegar um belo dia que teve um encontro com sua mãe _que ali foi li busca mais, ele ao ver sua querida , mãe sua mamãe chorando disse meu filho por algum tempo achei que o tinha perdido para sempre ,vamos venha seus irmãos nos espera! ele rápida mente perguntou há sua mamãe ,mais como há senhora me achou ,respondendo há seu filho aquela mãe o falou filho meu desde o dia em que você nos abandonou ,não só eu mais todos seus irmãos choram e se perguntam o porque de lembranças há todos pois estou bem e logo mais vou esta com vocês e há que lá mamãe falava vamos filho e ele respondia logo mais eu vou, mamãe ,Paulo nos abandonou e eu sem saber oque falar para seus irmãos ,dizia há seguinte frase Deus mim deu e Deus o levou mais ele logo voltara só esta passeando ,esta fazendo oque tanto gosta passear ,é aquela mãe que daria tudo para ter seu filho em seus braços com seus irmãos ,começou há perguntar aos moradores da que lá cidade pequena do interior de Alagoas ,cidade que fica no interior ,que se chama !Boca Da Mata ,e todos que ela via na rua ela perguntava ,o Jose se você ver meu filho Paulo diga há ele que venha sim bora pois eu estou morrendo de saudade diga mais há ele que seus irmãos não param de chorar ,e na verdade ,um dia Paulo se encontrou com um da que lis taxista que transportava o povo seu Luizinho e seu Luizinho li falou o seguinte, o Paulo venha cá sua mãe e seu pai esta loucos procurando você e não sabem por onde você anda vamos embora comigo vamos ,e Paulo respondeu seu Luizinho diga pra ela que eu nasce para ,conhecer ,o mundo e logo mais vou esta com ela e meus irmãos ,bom e seu Luizinho falou mais sua mamãe chora por você dia e noite pode uma mãe se esquecer de seu filho seu Luizinho diga mamãe que não se preocupe pois estou bem dormindo na rua! mais já estou tentando arrumar um lugar para ,ficar pois um certo dia em uma terça feira eu ouvi um dos colegas do grupo que morava nas ruas com migo e disse ,há prefeitura ,esta dando passajem para quem quiser ir para ,Aracaju ,capital do estado de Sergipe ,fica há 300,e mais alguns quilômetros e no meu coração veio há alegria poxa que vida boa vou conhecer ,Sergipe ,estou indo para ! _Aracaju ,e na minha mente veio há lembrança de minha mamãe que cada dia ,dia há pós dia eu mais longe dela ficava sego na inocência , fui e o pior é que há prefeitura na época não tinha um sistema de ação social que funcionasse ,ate hoje não tem então muitos mais muitos adolescentes saiam de suas casas ,para há capital pois sabia que de lá há prefeitura daria há passagem ,para qual quer um outro estado ou para o Recife ,ou para Aracaju! mais não se podia ficar ali muitos não tinham coragem e corriam se escondiam alguns voltaram ate para casa outros eram abusados se vendiam nas ruas mais outros viajavam e nisso foi se espalhando de estado para estado olha há prefeitura de MACEIO da passagem para o recife e para ARACAJU ,e nisso há prefeitura de ARACAJU dava para há Bahia ,e belo horizonte ,em tão ou seja nisso foi se criando uma circulação muito grande de adolescentes e jovens que rodavam o pais dessa forma! querem saber mais não deixe de conhecer o capitulo 2 , há chegada em salvador!